Congresso de Arbitragem adota formato pioneiro

Evento inova ao utilizar modelo que reúne interação presencial com formato digital

Por Sérgio Siscaro

Os desafios trazidos pela pandemia do novo coronavírus têm popularizado a opção por eventos à distância, transmitidos pela internet, como medida para preservar a segurança dos participantes. No entanto, experiências inovadoras têm buscado unir as vantagens dos eventos presenciais às do meio digital, proporcionando uma experiência mais enriquecedora a todos os envolvidos. E este será o caso do VII Congresso CAM-CCBC de Arbitragem, que será realizado em 19 e 20 de outubro deste ano.

Assim como nas edições dos anos passados, o Congresso novamente promoverá o debate em torno dos temas que impactam diretamente sobre a atividade da arbitragem – tanto no cenário brasileiro quanto internacional. Contudo, trará uma diferença: será a primeira vez em que o evento será apresentado em um modelo híbrido, combinando a participação presencial à digital.

Formato pioneiro

A realização do evento nesse novo formato será possível pela parceria firmada entre o CAM-CCBC e a Hoffmann, empresa especializada em soluções audiovisuais especializada na promoção de eventos híbridos. Dessa forma, será possível unir a experiência digital com a presencial, por meio da utilização de “âncoras” que, à maneira de um telejornal, anunciarão os palestrantes e conduzirão o Congresso a partir de um estúdio de gravação, localizado no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo.

Alguns dos palestrantes, em especial os que residem na cidade, participarão presencialmente a partir do estúdio, com todas as medidas de segurança necessárias. Em conjunto com os “âncoras”, eles darão ao Congresso um aspecto mais próximo ao de um evento presencial, proporcionando o necessário dinamismo às apresentações e tornando a experiência mais agradável aos participantes.

Além de mais atraente, esse formato híbrido também proporciona a disponibilização de conteúdos diversos sobre os temas a serem apresentados no Congresso, como vídeos, fotos e apresentações, somados a recursos de áudio. A transmissão do evento será disponibilizada no site oficial do Congresso (https://www.congressocamccbc.org.br/), em uma área exclusiva aos participantes, e contará com tradução em português e inglês.

A integração dessas tecnologias, assim como a participação tanto presencial quanto remota dos palestrantes, é inédita no segmento de eventos do setor de arbitragem no Brasil.

Programação

Mantendo sua vocação de apontar os desafios e rumos da arbitragem, o VII Congresso abordará, no dia 19, temas ligados à sua aplicação na Administração Pública, sua evolução no cenário pós-Covid e a importância crescente da diversidade na arbitragem. No dia 20, as discussões se voltarão às tendências da arbitragem nos próximos anos, como o futuro da advocacy na arbitragem internacional, e o novo patamar de eficiência nos procedimentos.

A participação do árbitro independente Juan Fernández-Armesto é um exemplo da flexibilidade proporcionada pelo formato híbrido do Congresso: ele encerrará a programação do evento com uma palestra magna transmitida diretamente da Espanha.

Ex-presidente da Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) espanhola e professor catedrático de Direito Comercial na Icade Business School da Universidad Pontificia Comillas, em Madri, Fernández-Armesto abordará o futuro da arbitragem e os novos padrões que se desenham para o mercado.

Conheça também a
X