CAM-CCBC promoverá semana digital da arbitragem em outubro

Terceira edição da São Paulo Arbitration Week (SPAW) reunirá novamente comunidade internacional

Por Sérgio Siscaro

Durante uma semana, a cidade de São Paulo será novamente o palco de debates que tratarão dos temas que afetam de forma mais direta o universo da arbitragem e outros métodos adequados de resolução de disputas.

O CAM-CCBC promoverá, entre 19 e 25 de outubro deste ano, a terceira edição da São Paulo Arbitration Week (SPAW), uma plataforma colaborativa que promove eventos, incentiva o networking e estimula o debate acadêmico a respeito desses métodos (ADR, na sigla em inglês), com foco na arbitragem.

A iniciativa proporciona o ambiente ideal para o desenvolvimento de competências profissionais, a troca de experiências e contatos e a sintonia do mercado nacional com as discussões mundiais sobre arbitragem. E a edição 2020 trará uma novidade: devido à atual situação global, a agenda incluirá apenas eventos digitais ou híbridos, cabendo a cada instituição participante definir o melhor formato e as ferramentas necessárias de comunicação à distância.

Dessa forma, será possível reunir, de forma segura, um número maior de interessados – conferindo à SPAW um caráter mais abrangente ainda do que nas edições anteriores.

Além do formato digital, a edição deste ano da SPAW também terá um caráter fortemente social – refletindo, desta forma, o comprometimento do Centro em contribuir com a sociedade nesse momento de crise sanitária. “O CAM-CCBC nunca cobrou taxa de inscrição para o cadastro de eventos na SPAW. Desta vez, seguindo a atenção destacada a projetos de cunho social conferida pela atual gestão, capitaneada pela presidente Eleonora Coelho, decidimos incluir uma taxa simbólica de inscrição. A instituição interessada em cadastrar um evento na agenda deverá realizar uma doação, feita diretamente a uma entidade social brasileira à sua escolha”, explica a analista de Desenvolvimento Institucional do CAM-CCBC, Clara Kneese de Moraes Bastos.

As regras atualizadas da terceira edição da SPAW já podem ser consultadas em http://www.sparbitrationweek.com.br/. Seus principais pontos envolvem o processo de registro na plataforma da SPAW (cujo prazo se estende até 2 de outubro), o formato dos eventos e a promoção nas redes sociais.

Além disso, e respeitando o compromisso assumido pelo CAM-CCBC em assegurar a representatividade feminina, o Centro sugere que os eventos cadastrados na plataforma contem com uma participação mínima de 30% de mulheres como palestrantes. O e-mail para dúvidas relacionadas à plataforma é [email protected].

 

Sucesso confirmado

Em suas duas edições anteriores, a SPAW experimentou um crescimento significativo em termos de atividades desenvolvidas e participantes. No ano passado, 26 eventos foram organizados por um conjunto de 29 organizações – incluindo câmaras de arbitragem, escritórios de advocacia, instituições diversas, entes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da magistratura, grupos de jovens advogados, entre outros. Esses números representaram um aumento de 42% com relação à primeira edição.

Em termos de popularidade, a SPAW 2019 também se mostrou bastante atrativa: somente os eventos do CAM-CCBC reuniram pelo menos 900 pessoas de três continentes – destacando-se o Congresso CAM-CCBC de Arbitragem, evento inaugural da semana, e o lançamento da comissão de jovens do Centro, a New Generation.

“Além de pioneira no país, a SPAW foi, desde sua concepção, desenhada para contribuir de forma relevante à toda comunidade de arbitragem e métodos alternativos de resolução de disputas. Hoje, vemos que a iniciativa se tornou uma forma de unir a comunidade nacional e também de apresentar o mercado brasileiro ao exterior – aproximando essas comunidades globais”, afirma Bastos. Ela acrescenta que, nas últimas edições, foi possível trazer instituições e participantes de diversos países, o que fortaleceu o networking e o desenvolvimento acadêmico dos temas tratados.

 

Conheça também a
X