PESQUISA QUEEN MARY UNIVERSITY

Estudo destaca a presença internacional do CAM-CCBC.   

A arbitragem tem sido cada vez mais utilizada e continuará crescendo nos próximos anos como método alternativo para solução de controvérsias no campo dos conflitos existentes, principalmente entre países e investidores. A afirmação é decorrente de um dos estudos mais completos sobre arbitragem realizado pela Queen Mary University of London e White & Case. O estudo 2018 International Arbitration Survey: The Evolution of International Arbitration enumerou as instituições mais respeitadas, os locais preferidos para a instauração dos procedimentos, os árbitros, as formas de financiamento, bem como a eficiência e a confidencialidade na administração dos procedimentos – os dois atributos mais importantes da arbitragem.

Para o levantamento, foram entrevistadas 922 pessoas, dentre elas advogados, árbitros, acadêmicos, especialistas e investidores.

97% dos entrevistados elegeram a arbitragem internacional como meio favorito para solucionar quaisquer controvérsias.

O CAM-CCBC apresenta um notável destaque no campo das instituições responsáveis por administrar procedimentos arbitrais, ocupando a terceira posição no ranking da América Latina e a oitava posição no ranking mundial.

O Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil-Canadá é a maior e mais tradicional câmara de arbitragem brasileira. Sua posição na pesquisa é reflexo da qualidade e eficiência do CAM em administrar procedimentos que buscam sempre a modernização de sua estrutura, qualificação constante de suas equipes, a inovação de técnicas que possam contribuir para a maior agilidade e eficiência na administração dos processos.

Conheça também a
X