Edição de 2019 foi marcada por inovações tecnológicas e evolução da diversidade

O Congresso CAM-CCBC de Arbitragem encerrou sua sexta edição com uma certeza: o evento entrou oficialmente em uma nova era de tecnologia. Pela primeira vez na história, o encontro realizou um painel interativo. Com o uso do aplicativo do Centro, os participantes responderam em tempo real a perguntas sobre transparência na arbitragem, que guiaram os debates do painel. O aplicativo também permitiu a troca de contatos entre os profissionais presentes por meio de um cartão de visitas virtual.

A edição de 2019 celebrou também a evolução da diversidade. No ano passado, o CAM-CCBC assinou um compromisso pela igualdade e representação na arbitragem, The ERA Pledge. Um dos compromissos assumidos é a garantia de 30% das vagas de palestrantes nos eventos que a instituição organiza para mulheres. No Congresso, o índice deu salto de mais de 10% desde 2018, totalizando 49% este ano. Para completar, a edição de 2019 foi a primeira com uma mulher na presidência do Centro, a advogada e árbitra Eleonora Coelho.

O VI Congresso CAM-CCBC de Arbitragem reuniu cerca de 500 participantes, com 39 palestrantes de diversas nacionalidades. A palestra magna de abertura foi realizada por Gabrielle Kaufmann-Kohler, professora emérita da Escola de Direito da Universidade de Genebra e um dos nomes mais influentes da arbitragem mundial.

Com o tema “O futuro das soluções de disputas internacionais”, a aula da professora trouxe um histórico das ADRs, desde o surgimento da arbitragem à sua expansão em conjunto com a globalização. Gabrielle ainda arriscou uma previsão: “Se a arbitragem foi o método de solução de controvérsias do século XX, a mediação certamente será a do século XXI”.

A próxima edição do evento que coloca São Paulo no centro da arbitragem mundial já tem data marcada. Será nos dias 19 e 20 de outubro de 2020, no Hilton Hotel Morumbi, marcando mais uma vez a abertura da São Paulo Arbitration Week.

Conheça também a
X