Serviços fiduciários com o olhar de quem conhece o mercado brasileiro

Investir no Brasil não é tarefa simples. Se até os brasileiros têm dificuldades com a legislação complexa, a chance de uma empresa estrangeira encontrar obstáculos maiores é alta, principalmente nos casos em que seus tomadores de decisão mais importantes comandam os negócios a partir de outros países. A Mandat dá assistência a essas companhias, ajudando o investidor internacional a manter regulares suas obrigações no Brasil, com contadores, advogados, assessores financeiros, entre outros profissionais.

“Empresas da área de serviços fiduciários são, em regra, estrangeiras. Nosso conhecimento de Brasil nos auxilia a prestar um melhor atendimento por entender as peculiaridades locais. E isso tudo graças ao nosso quadro de colaboradores, que inclui profissionais egressos de grandes empresas, escritórios de advocacia e instituições financeiras”, diz Ivam Passos, um dos sócios.

A Mandat faz representação de investidores estrangeiros no país, administração de subsidiárias brasileiras, liquidação de sociedades brasileiras e domiciliação. Por meio de parcerias locais e internacionais, dá suporte na implementação de negócios no Brasil e no exterior.

As dificuldades do investidor estrangeiro

Uma das maiores dificuldades encontradas pelo investidor estrangeiro, segundo Ivam, é entender que, para abrir e manter uma empresa no Brasil, ele necessitará de um procurador – desconhecido no início e em quem ele deverá confiar – com diversos poderes para representá-lo localmente. Tem ainda a necessidade de manter um administrador/diretor, com residência local, na sua subsidiária brasileira, o que nem sempre a empresa possui e é aí que se aplica parte do trabalho da Mandat.

“Um dos nossos diferenciais é a disponibilidade. Em menos de 24 horas um representante da Mandat está disponível para atendimento do cliente em reuniões, assembleias, assinatura de documentos e outras atividades. Outro ponto é a experiência. Temos membros de nossa equipe com mais de 20 anos de mercado”, destaca Ivam.

A Mandat é associada da CCBC há cerca de dois anos. Encontra na Câmara uma oportunidade de melhor entender as necessidades dos investidores de origem canadense e divulgação dos próprios serviços, participando de eventos e realizando networking.

Conheça também o
X