Filhos em casa sem stress

Comissão de Educação da CCBC organizou webinar com dicas para os pais se saírem bem no confinamento com as crianças durante a pandemia

Se já é difícil para os adultos cumprir a quarentena em casa, equilibrando trabalho, saúde e lazer entre quatro paredes, com crianças o desafio é maior ainda. Muitos pais têm se sentido pressionados a compensarem as perdas do período escolar e uma possível ociosidade de seus filhos com atividades extras, ao mesmo tempo em que precisam trabalhar em home office e se manterem bem de saúde física e emocional. Mas, segundo os especialistas, essa tarefa não precisa ser tão estressante quanto parece.

“Os pais não devem se sentir culpados. Fiquem calmos, relaxem, sejam flexíveis. As crianças sairão bem dessa situação toda. Pais resilientes criam filhos resilientes”, afirma o diretor acadêmico da rede de ensino canadense Maple Bear, Stewart Shinnan. Ele e a também diretora acadêmica da rede, Arpi Babaian, participaram de webinar promovido pela Comissão de Educação da CCBC em junho, justamente para dar dicas de como enfrentar a quarentena em casa com as crianças. O evento contou com a moderação do diretor de Marketing do Maple Bear e coordenador da Comissão, Rafael Mangini, e com a participação do empreendedor Léo Gmeiner, idealizador da plataforma Filho sem Fila.

“Nossas vidas mudaram drasticamente e o presente está sendo extremamente estressante. As crianças precisam ser protegidas e ao mesmo tempo continuarem aprendendo nessa situação restritiva, enquanto seus pais trabalham, ou tentam trabalhar de casa, e se esforçam para manter os filhos ocupados. Nós sabemos o quanto isso é difícil e queremos colaborar com nossa experiência no Maple Bear”, afirmou Babaian.  “Algumas dicas de organização e ferramentas podem ajudar. Elas servem para nossas tarefas como pais, como profissionais, e também para as crianças em suas próprias tarefas, inclusive escolares”, completou Gmeiner.

Confira as dicas dos especialistas:

  • Crie rotinas: para que as crianças se sintam seguras, é importante saberem o que têm que fazer. Estabeleça horários para comer, dormir, ler com os filhos, escovar os dentes, e não se esqueça de reservar um espaço para interações sociais;
  • Lance mão da tecnologia: há várias opções de ferramentas e métodos que podem ajudar a organizar as tarefas do dia a dia de forma lúdica e visual, como o painel de gestão de tarefas japonês Kanban, e o método de gestão de tempo italiano Pomodoro (ambos facilmente encontráveis na internet);
  • Faça atividades em conjunto, chame seus filhos para participar de tarefas como cozinhar ou lavar a louça;
  • É preciso reservar tempo para estudar, mas também para brincar e jogar. Essas atividades ajudam no desenvolvimento das crianças;
  • Não se culpe pelo tempo de tela dos seus filhos. Algum período online é inevitável, além disso filmes ou jogos virtuais podem ser construtivos;
  • Incentive as artes, música, leitura e a criatividade. Estimule seu filho a usar a sua imaginação; e
  • Não se esqueça de gastar algum tempo com atividades físicas.
Conheça também o
X