Dicas e ideias para marcas canadenses se comunicarem com os brasileiros

O texto que você lê agora nasceu globalizado. Uma das sócias da agência de comunicação Oficina das Palavras, Ana Paula Ruschel, estava em Guimarães, Portugal. A oito mil quilômetros de distância, em Itajaí (SC), estava uma das editoras da agência, Patrícia Wippel. E na capital paulista o repórter que vos escreve. Em uma animada conversa no telefone que durou cerca de 1 hora, os temas foram ecléticos. Discorremos sobre Papa Francisco, Beto Carrero e até grupo folclórico de Maracatu em Toronto. Tudo reunido sob o mesmo guarda-chuva: a importância da comunicação para as empresas.

Essa conversa internacional tem um porquê. Criada em Santa Catarina, a Oficina das Palavras prospecta clientes em Portugal há um mês e meio e desde o ano passado inaugurou uma unidade comercial em Toronto. Os clientes em solo canadense já existiam desde 2013. “A diferença é que agora procuramos novas oportunidades e temos metas comerciais a cumprir”, explica Ana Paula, que oferece serviços como assessoria de imprensa, estratégias digitais, relacionamento com influenciadores e conteúdo.

Às empresas sediadas no Canadá que desejam divulgar sua marca em território brasileiro, ela lembra que o Brasil é um país de dimensões continentais, com expressivas diferenças culturais entre suas regiões. É aí que entra o trabalho da Oficina das Palavras, que além de estar familiarizada com o ambiente canadense de negócios conhece como poucos a diversidade brasileira.

Esse conhecimento traz o sucesso de diversos assuntos sugeridos pela equipe de assessoria de imprensa como notícia para grandes veículos de comunicação. Por exemplo: certa vez uma agência de turismo no Canadá procurou a Oficina das Palavras para divulgar um serviço com foco no Nordeste brasileiro.

A estratégia da comunicação foi conectar as atividades da agência de turismo com a associação de nordestinos, o food truck de Tapioca e o grupo de Maracatu em Toronto. A ideia deu certo e se transformou em reportagem publicada numa importante mídia brasileira – além de ter impulsionado a exposição positiva da marca do cliente.

“Não basta encontrarmos um fato ou uma informação. Isso precisa ser comunicado de maneira criativa”, aponta Ana Paula como um dos diferenciais da Oficina das Palavras.

Trocando cartas com o Papa Francisco

Essa mesma criatividade carimbou o passaporte da Oficina das Palavras para o Vaticano. Desta vez, a ação foi realizada na estratégia de um cliente no Brasil, a Círculo S/A, maior produtor de fios e linhas da América Latina. Aproveitando a onda do amigurumi, a tradicional técnica japonesa de artesanato para produção de bonecos de tricô ou crochê, artesãos parceiros da Círculo S/A criaram uma coleção representando santos como Santo Antônio e Nossa Senhora Aparecida.

Uma equipe da Oficina escreveu uma carta endereçada ao Papa Francisco, que seguiu acompanhada da coleção de bonecos. A iniciativa obteve uma resposta dois meses depois também em forma de carta, assinada pelo pontífice. O documento original acabou emoldurado pelo cliente e hoje decora uma das paredes da fábrica da Círculo.

Fórmula-1 dos mares: R$ 2,6 milhões em retorno de investimento

Outro famoso cliente da Oficina das Palavras é o Beto Carrero World, um dos principais parques de diversões do mundo. Um dos projetos mais recentes foi a divulgação da mais nova área temática do parque, dedicada ao Hotwheels.

Em 2018, durante três meses a agência foi a responsável pela assessoria de imprensa no Brasil para a Itajaí Stopover da Volvo Ocean Race, considerada a Formula-1 dos mares. Foram conquistados 830 espaços de mídia espontânea, o equivalente a R$ 2,6 milhões em retorno de investimento. Começando as mídias sociais do zero, a Oficina obteve alcance geral médio semanal de 210 mil pessoas, sendo que 440 mil pessoas passaram pela Vila da Regata no dia do evento.

A associação à CCBC, efetivada em maio, é um caminho importante da Oficina das Palavras para incrementar o networking com empresas brasileiras e canadenses. Uma das ações em conjunto com a Câmara foi uma orientação online para outros associados da instituição, com dicas de uso das redes sociais para promoção de empresas.

A própria agência tem uma iniciativa focada em networking. O MKT Yourself é um projeto inaugurado no ano passado. Realizado no Brasil e no Canadá e em Portugal, traz palestras e cases com objetivo de difundir informações, aproximar empresas e facilitar a geração de negócios.

Conheça também o
X