Pollux avança no mercado internacional com modelo de negócios inovador e soluções completas para Indústria 4.0

Os negócios internacionais da Pollux, multinacional brasileira referência em Indústria 4.0, apresentaram plena expansão neste ano atípico. A empresa entregou grandes projetos no Canadá, Estados Unidos, México e diversos países das Américas. Esse sucesso, na visão do CEO da Pollux, José Rizzo, se deve à maneira como a empresa trabalha, com um modelo de negócio inovador (Robots as a Service ou RaaS) e com a customização de soluções para os clientes.

“Embora a área que a gente atue tenha poucos players globais – são necessárias muitas competências para desenvolver uma fábrica 4.0 ou uma linha de automação avançada -, cada vez mais nesta indústria, a tecnologia em si não será o grande diferencial, mas sim a forma como você atende e aplica o modelo de negócio. A gente mergulha nas necessidades dos nossos clientes”, ressalta Rizzo.

Os diretores responsáveis pela área internacional da Pollux, Geraldo Loureiro Veroneze e Flavio Barros Rizzo Hahn, também acreditam que esta relação é fundamental. A internacionalização da empresa acabou sendo puxada pelos clientes atendidos com sucesso no Brasil, que são multinacionais e tem negócios em vários países. “Nosso foco está em ter acompanhamento e venda bastante consultiva, com muito relacionamento”, resume Veroneze. “Temos um jeito brasileiro de atender, somos atenciosos nos processos comerciais e nos preocupamos com o sucesso de nossos clientes. Conseguimos dar um suporte único e isso ajuda na fidelização”, acrescenta Hahn.

A expectativa é de crescimento ainda mais acelerado nos negócios internacionais assim que as restrições geradas pela pandemia estiverem menores no Canadá e Estados Unidos. Saiba mais em  https://www.pollux.com.br/

Conheça também o
X