Cultura sem sair do sofá

Tours virtuais por museus canadenses e brasileiros são opções para viajar na segurança da própria casa

Por Estela Cangerana

De belezas naturais a obras de artes, passando por várias fases da história da humanidade. Os museus no Brasil e no Canadá oferecem lazer e cultura para todos os gostos. E, se não é possível visitá-los ao vivo por enquanto, elaboramos uma seleção das muitas opções disponíveis para serem apreciadas a partir de casa mesmo, a um toque no celular. Confira:

 

Canadá:

  • The Virtual Museum of Canada: Nesta página administrada pelo Museu Canadense de História (CMH) com recursos públicos, é possível ter acesso a acervos de museus e exposições, em experiências inesquecíveis, de todas as partes do País. Basta selecionar a opção que mais agradar. Disponível em http://www.virtualmuseum.ca/home/

 

  • Canadian History Hall: Difícil não se entreter nessa página do Museu Canadense de História que permite, literalmente, explorar vários ambientes do museu físico com visual 360º. São várias cenas que o turista pode visitar, da maneira e na ordem em que preferir, incluindo as três galerias do Canadá Antigo, Colonial e Moderno. É só acessar https://www.historymuseum.ca/history-hall/virtual-tour/

 

  • Société des musees du Quebec: A Sociedade dos Museus do Quebec é a porta de entrada para tours virtuais a vários museus da província, com a possibilidade, inclusive, de visitas guiadas. São exibições de arte, história, ciências e arqueologia, com visitas 360º e coleções online. É só escolher em https://www.musees.qc.ca/fr/musees/visites-et-experiences-virtuelles

 

  • Cirque du Soleil: Aquele que é o mais inovador, e ao mesmo tempo uma das maiores tradições da arte canadense, o Cirque du Soleil também oferece entretenimento online no Cirque Connect. Além da venda de ingressos (quando há espetáculos) e de souvenirs, o site também disponibiliza gratuitamente espetáculos especiais de 60 minutos para serem apreciados online. Em https://www.cirquedusoleil.com/cirqueconnect

 

 

Brasil:

  • Instituto Ricardo Brennand: O enorme acervo do pernambucano Ricardo Brennand, importante patrono das artes no Brasil, fica em uma das mais modernas instalações museológicas do País, em um complexo que inclui o Museu Castelo São João (museu de armas brancas), Pinacoteca, biblioteca, auditório, Jardins das Esculturas e uma galeria para exposições temporárias e eventos. Para conhecer durante a pandemia, vale acompanhar o tour virtual, disponível em https://www.institutoricardobrennand.org.br/index.php//

 

  • Casa Roberto Marinho: Outra figura importante do cenário cultural brasileiro foi o empresário Roberto Marinho. Sua rica coleção pode ser conferida em sua casa, no Rio de Janeiro, que oferece uma vasta programação artística. No site, vários vídeos fazem as vezes das visitas presencias, não recomendadas por enquanto, devido à pandemia. Em http://www.casarobertomarinho.org.br/

 

 

  • Museu Oscar Niemeyer: O museu que leva o nome do mais famoso arquiteto brasileiro, Oscar Niemeyer, idealizador do projeto da capital do País e autor de obras icônicas, possui um acervo de mais de 7 mil obras nas áreas de artes visuais, arquitetura e design. Para conhecer o espaço e as exposições que já passaram por lá sem sair de casa, é só acessar https://www.museuoscarniemeyer.org.br/visite/visita-virtual-3D
Conheça também o
X