Cegos voltando a enxergar e outros benefícios da nova revolução da medicina

Terapia gênica e cannabis: o que elas têm em comum? Em primeiro lugar, são mercados promissores. Com o rápido desenvolvimento da tecnologia, o mundo inteiro vive a expectativa do quanto esses setores podem evoluir para oferecer novos tratamentos de saúde. Em conjunto, eles já trazem algumas respostas por exemplo para casos de degeneração de retina, Alzheimer, epilepsia, diabetes, ansiedade, HIV e distrofia muscular.

Outro ponto em comum entre terapia gênica e cannabis é que elas fazem parte de um EBOOK especial organizado pela Comissão de Inovação em Saúde (CIS) da CCBC. Um material onde você tem a dimensão da revolução mundial da saúde – que só não chamamos de próxima porque ela já está acontecendo agora. E não é pequena. Promete fazer cegos voltarem a enxergar, remédios mais eficazes para câncer, Mal de Parkinson e dezenas de outras doenças.

Na área genética o intercâmbio entre brasileiros e canadenses abre possibilidades como o desenvolvimento de pesquisas conjuntas e transferência de tecnologia. No terreno da cannabis, o consumo legal e ilegal movimenta internacionalmente US$ 150 bilhões, sendo 77% referente a vendas legais. No Brasil, onde o cultivo, o estoque e a comercialização da planta são proibidos pela legislação, quem faz tratamento precisa de autorização do governo para importar os medicamentos à base da planta.

Desde 2014, cerca de 78 mil produtos foram trazidos ao país dessa forma. Com os frequentes debates no Congresso brasileiro e as chances reais de legalização da cannabis para uso medicinal, a expectativa é que esse número cresça nos próximos anos. Por isso, existem empresas acompanhando de perto esse mercado.

Para saber mais, clique aqui e baixe o ebook: “Revolução na Saúde – Pesquisas e novos tratamentos unem Brasil e Canadá”.

CCBC como parte da revolução em saúde

A CCBC tem um grupo especial que se reúne periodicamente para discutir o panorama da saúde e levantar as oportunidades no cenário brasileiro e canadense. A Comissão de Inovação em Saúde (CIS) da Câmara foi inaugurada no segundo semestre de 2018 e é formada por médicos, farmacêuticos, pesquisadores, advogados, especialistas em regulamentação e empresas do setor.

Uma das frentes de atuação da Comissão é a participação em feiras e congressos. Entre os dias 21 e 24 de maio, a CCBC apoiou a missão organizada pelo Consulado Geral do Canadá em São Paulo, que ocorreu em paralelo à Feira Hospitalar, a maior em saúde na América Latina.

A iniciativa trouxe dez empresas canadenses para participar de uma programação especial, conhecer o ecossistema brasileiro e se reunir com organizações locais.

Representantes da CIS e da equipe CCBC marcaram presença em algumas das atividades, tendo a oportunidade de se encontrar com os participantes da missão em momentos de networking e rodadas de negócios. Sergio Souza, da GC5, representou a CIS na palestra de abertura oficial da missão.

Conheça também o
X