Canadá com uma pitada de Brasil

Carnaval, Brazilian Day, feiras, encontros e experiências especiais promovem a mistura das culturas brasileira e canadense

Por Estela Cangerana

Um mergulho no modo de vida canadense, mas com uma programação tipicamente brasileira. Foi com essa ideia que cerca de 150 pessoas participaram de um acampamento no parque Berge des coursies, dentro da cidade de Montreal (Quebec), para celebrar o início da Semana da Independência do Brasil, no começo de setembro. O evento foi um dos muitos exemplos das iniciativas que vêm unindo com sucesso as culturas dos dois países. Além do tradicional Carnaval brasileiro, feiras gastronômicas e de produtos típicos, apresentações de música, dança e encontros se espalham pelo país.

“A cultura é também uma parte importante da relação bilateral que a CCBC apoia. Há muitas possibilidades de intercâmbio”, afirma o diretor de Relações Institucionais da CCBC, Paulo de Castro Reis, que acompanhou o acampamento. A Câmara foi uma das organizadoras do evento, ao lado do Parcs Canada (associação nacional dos parques do Canadá) e do Consulado do Brasil em Montreal.

“Acampar é um hábito comum das famílias canadenses, mas pouco conhecido dos brasileiros. Então aproveitamos o projeto de introdução ao camping do Parcs Canada para ensinar às famílias brasileiras como pode ser interessante esse hábito, ao mesmo tempo em que comemoramos uma data importante do Brasil e mostramos nossa cultura também”, completa. Durante o final de semana, os participantes foram orientados sobre como montar uma barraca, preparar uma fogueira e cozinhar ao ar livre, e ainda puderam participar de oficinas de dança e artes marciais brasileiras, rodas de música e passeios de rabaska (canoa), entre outras atividades.

Enquanto a confraternização na costa leste canadense acontecia no acampamento no parque de Montreal, a costa oeste recebeu a Brazilian Fair no Roundhouse Community Centre de Vancouver, organizada pelo Consulado Geral do Brasil na cidade. Entre as atrações, produtos e pratos típicos, música, dança e performances artísticas. A feira, que acontece todos os anos, vem crescendo a cada edição e atrai tanto brasileiros quanto canadenses e integrantes de outras comunidades.

Um público cada vez mais variado também adere a cada ano ao Carnawest, o carnaval fora de época que toma Vancouver no início de agosto, auge do verão canadense. Em 2019, a festa, organizada pela Brazilian Community Association of British Columbia (BCA), reuniu quase 7 mil pessoas.

“O objetivo é voltar a fazer o imigrante se sentir um pouco em casa. Mas, além de matar a saudade, esse tipo de evento é uma forma de divulgar nossa cultura, promover a música brasileira e as comidas típicas. Pudemos observar no Carnawest deste ano muitas pessoas que não eram brasileiras, tanto latinos quanto participantes de outras origens”, afirma o presidente da BCA, Luiz Antunes, destacando as possibilidades de negócios que surgem a partir dessas comemorações. Ele lembra do sucesso de produtos como a coxinha de frango, as tapiocas, pão de queijo, pastel e cafés, entre outros.

Tanto a CCBC quanto os consulados brasileiros no Canadá e a BCA promovem ou apoiam periodicamente uma série de outras oportunidades de intercâmbio cultural, como exposições de artes, apresentações musicais, happy hours e encontros de confraternização.

Conheça também o
X