Brasil mais próximo de Alberta

CCBC promoverá maior intercâmbio com a província canadense


Por Sérgio Siscaro

Uma das províncias localizadas na região das pradarias canadenses, Alberta se caracteriza pelas belas paisagens naturais e pelos parques das Montanhas Rochosas. Sua vocação econômica gira em torno do setor agropecuário, da indústria petrolífera e da exploração de hidrocarbonetos; as principais cidades são Calgary (a mais importante da província, com 1,3 milhão de habitantes) e a capital Edmonton. A partir de agora, Alberta passa a ter uma relação mais próxima com o Brasil: foi assinado no início do mês um memorando de entendimentos entre a Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) e a Invest Alberta, agência governamental responsável pela atração de investimentos e projetos para a região.

O documento estabelece a cooperação e a organização conjunta de missões, eventos e projetos que possam ajudar a identificar e a viabilizar oportunidades de fortalecimento no intercâmbio entre o Brasil e Alberta – nos campos de negócios, investimentos, tecnologia e cultura. Alguns dos setores que deverão fazer parte dessas iniciativas incluem alimentos e bebidas, tecnologias para a agricultura, energias limpas, mineração e tecnologias para cidades inteligentes (smart cities), entre outros.

“Estamos empolgados em compartilhar com Alberta os nossos 50 anos de experiência em conectar empresas do Brasil e do Canadá”, pontuou o diretor de relações institucionais da CCBC, Paulo de Castro Reis. “Vemos um tremendo potencial para ambos os mercados. Ao destacar os empreendedores de Alberta e ajudá-los a expandir seus negócios para o Brasil, incentivamos a inovação e as parcerias que ajudarão a diversificar nossas economias. Nosso trabalho já começa agora com eventos em Calgary e Edmonton, na primeira semana de outubro, para apresentar as oportunidades do Brasil para empresas e instituições da província canadense”, complementou.

A parceria contará com o apoio local de Patrícia Garcia Rosa, residente de Alberta, com negócios na região há mais de dez anos e diretora da CCBC responsável pela província canadense, ocupando a posição de Western Canada Diretor. Ela será o ponto focal para facilitar projetos, oportunidades comerciais e os eventos frutos desta parceria.

Oportunidades de negócios

O potencial de negócios entre Brasil e Alberta já vem sendo explorado há algum tempo. Vale lembrar que a Alberta Investment Management Corporation (AIMCo) é uma das acionistas da Iguá Saneamento – que, por sua vez, arrematou no ano passado ativos da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) por R$ 7,286 bilhões.

A expertise das companhias de Alberta no desenvolvimento de tecnologias limpas pode ser um atraente fator de atração para parcerias com empresas brasileiras. Há atualmente mais de 900 empresas no segmento – incluindo startups que atuam com companhias do setor de óleo e gás. Além disso, a província conta com uma estrutura de entidades que possibilitam acesso a financiamentos.

No início deste ano, Alberta recebeu um pacote de investimentos federais no valor de CAN$ 3 milhões, voltado a fortalecer o setor nos próximos anos. De acordo com as projeções divulgadas no final de 2021 pelo estudo Alberta Energy Transition, o desenvolvimento de energias limpas poderá criar 170 mil postos de trabalho locais, e contribuir de forma expressiva para a economia da região. Nesse sentido, é também uma importante oportunidade de negócios para empresas do Brasil.

O agronegócio é outra área na qual empresas canadenses e brasileiras poderão desenvolver parcerias em Alberta. A província é conhecida por empregar tecnologias modernas para aumentar a produção e a eficiência do setor – tanto que, atualmente, é a maior produtora de canola, trigo, ervilha seca, cevada e gado; seu ambiente favorável aos negócios torna Alberta um hub do agronegócio na América do Norte.

“A colaboração entre a Invest Alberta e a CCBC nos ajudará a combinar negócios e fazer o Brasil também aportar capital em significativas oportunidades de investimentos que existem hoje em Alberta. Temos um setor de inovação tecnológica em crescimento, projetos agrícolas de valor agregado e somos líderes em energia e tecnologia limpa. Estamos ansiosos para continuar nosso trabalho para ampliar a relação bilateral”, afirmou o CEO da Invest Alberta, Rick Christiaanse.

X