Estatísticas

Igualdade de oportunidades para as mulheres no âmbito da Arbitragem

 

Estatísticas de igualdade de oportunidades para as mulheres no âmbito da Arbitragem

Em atenção à Resolução Administrativa 30/2018, de 07 de fevereiro de 2018, o Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil Canadá (CAM-CCBC) realiza a divulgação de seus dados estatísticos relativos à Igualdade de oportunidades para as mulheres no âmbito da Arbitragem.

Entre março e setembro de 2018 foram constituídos 63 tribunais arbitrais trinos, ou seja, com três árbitros, e 2 com Árbitro Único.

 

Do total de 191 árbitros constituídos, 123 foram indicados pelas Partes, 62 pelos Co-árbitros e 6 pela Instituição.

 

Dos números supramencionados, 142 são homens e 47 mulheres, ou seja, 24,6% do total são mulheres.

 

Quando se extrai a porcentagem segmentada, tem-se que as Partes indicam 18,7% de mulheres do total indicado, enquanto os Co-árbitros indicam 35,4% e a Instituição indica 66,6%.

 

INDICAÇÃO PELAS PARTES

Árbitro indicado para atuar como Co-árbitro Árbitro indicado para atuar como Presidente Árbitro Único
Homens 1 1 0
Mulheres 2 0 2
Total Parcial 3 1 2

Total por Gênero: 2 homens (33,4%) e 4 mulheres (66,6%)

 

Além disto, o CAM-CCBC constituiu 4 Comitês Especiais em razão de impugnações à árbitros no período.

As indicações ocorreram da seguinte forma:

Árbitro indicado para atuar no Comitê Especial
Homens 3 (25%)
Mulheres 9 (75%)
Total 12

CORPO DE ÁRBITROS DO CAM-CCBC

Homens Mulheres
2017 76% 24%
2018 74% 26%

Dados estatísticos atualizados em 13 de dezembro de 2018.

Conheça também a
X